9 dicas para controlar a ansiedade e gastar menos

9 dicas para controlar a ansiedade e gastar menos

Aprenda a controlar a ansiedade para ter uma vida financeira mais equilibrada, livre de compras por impulsos e de dívidas que não pode bancar.

Nem todos reagem da mesma forma diante de situações de pressão, como as contas que não param de chegar, faturas altas para pagar e dívidas em aberto. Uma pesquisa do SPC Brasil revelou que 61,5 milhões de brasileiros têm contas vencidas há mais de 90 dias. É comum que isso gere ansiedade.

Mas é preciso controlar esse sentimento, evitando, assim, que os problemas se tornem uma bola de neve. Afinal, grande parte das pessoas admite que as crises pessoais ou financeiras contribuam ainda mais para o aumento das compras por impulso, gerando desequilíbrio financeiro.

Que tal, então, recomeçar? Aprenda a controlar a ansiedade para ter uma vida financeira mais equilibrada, livre de compras por impulsos e de dívidas que não pode bancar. Veja como:

Conheça sua situação

É essencial conhecer as próprias limitações e dificuldades. Faça uma análise de sua situação financeira – coloque tudo no papel: dívidas, gastos fixos, gastos esporádicos e entradas de dinheiro. Então, reconheça as possibilidades de mudança. Trace um plano para reduzir seus gastos e comece a fazer desse o objetivo principal para os próximos dias.

Busque informação

Ler, ouvir e conversar com quem entende sobre finanças pessoais é fundamental para aprender a lidar com dinheiro. Faça com que o assunto não seja mais tabu. Discuta finanças, informe-se!

Conheça-se!

Quando há uma crise de ansiedade, um dos primeiros sintomas é a respiração ofegante. Quando começar a sentir esse sintoma ou sentir que uma crise irá começar, pare alguns instantes para focar apenas em sua respiração.

Concentre-se: inspire pelo nariz em 4 segundos, retenha o ar nos pulmões por 4 segundos, expire pelo nariz em 4 segundos e retenha sem ar nos pulmões em mais 4. Repita os ciclos até se sentir mais calma.

Coloque suas ideias no papel

Muitas tarefas a serem feitas podem gerar ansiedade e desencadear compras por impulso, online ou presenciais, ou outros problemas e trazer consequências financeiras.

Coloque no papel todas as suas tarefas diárias: de ações e atividades diárias à lista de compras. Dessa maneira, você segue a lista e dá um descanso para sua cabeça pensar em outras coisas.

Atenção plena

Apesar da correria diária, tente fazer uma tarefa de cada vez, aplicando a atenção plena em tudo o que realizar. Atualmente, esse conceito é chamado de mindfulness. Na prática, é parar de agir no “piloto automático”. Isso evita errinhos bobos que podem trazer prejuízos.

Desconecte

Quando estiver em casa descansando ou entre amigos e familiares, procure vivenciar os momentos com intensidade, deixando o mundo virtual fora dele. Desativar as notificações do celular de mensagens, WhatsApp ou aplicativos farão com que você foque em sua missão de se acalmar.

Medite diariamente

Meditar é parar de pensar. Não é uma tarefa fácil, mas com treinos diários, a meditação poderá ser alcançada. Com o tempo, ela trará mais lucidez para sua vida – será mais fácil se concentrar nos seus objetivos e tomar decisões, mesmo as mais difíceis.

Como fazer: sente-se de pernas cruzada, com as costas eretas e os olhos fechados. Concentre-se em um único objeto. Mentalize, por exemplo, a chama de uma vela à sua frente. Sempre que outros pensamentos vierem à sua mente, você precisará expulsá-los e focar novamente na chama da vela.

Pratique esportes

Corrida, bike, natação ou caminhada? A prática do esporte está cientificamente ligada ao controle e gerenciamento da ansiedade. Em meio a tantas atividades cotidianas, dedicar algumas horas para manter o corpo são poderá fazer uma grande diferença no dia a dia, gerando maior disposição, aumentando o nível da serotonina no organismo e reduzindo o estresse e a ansiedade. E acredite: isso irá impactar na maneira como você lida com o dinheiro e com as compras.

Celebre cada conquista

Conseguiu sair e voltar para casa sem gastar com itens supérfluos? Comemore! Existem várias formas de recompensas emocionais que têm um ótimo efeito, como dar risada, programar-se para dormir um pouco mais no final de semana, tomar um banho revigorante, ouvir a playlist preferida, dar uma volta para caminhar sozinho. Aos poucos, a ansiedade e a compulsividade darão lugar a novas e interessantes formas de alegria.

É importante lembrar que controlar a ansiedade para gastar menos é um trabalho que leva tempo. Se precisar, procure ajuda psicológica especializada. Cuidar da saúde emocional é benéfico para sua vida financeira e proporcionará momentos felizes, de maneira organizada e duradoura. Vamos nessa?

Fonte: Meu Bolso Feliz

Outras notícias

Aposentados e pensionistas: contracheque do mês de junho está disponível aqui no site
Previc aprova alterações no Estatuto da Ceres
5 livros para mudar o seu mindset nas finanças
Ceres não terá expediente na sexta-feira (17/6)
Skip to content