Encontre os documentos, formulários e serviços disponíveis para você. Clique em um perfil:

Empréstimo mais barato – Ceres reduz taxa de juros

Na quinta-feira (9), entrou em vigor uma nova norma de empréstimo. O objetivo é ampliar a representatividade da carteira de Operações com Participantes no portfólio de investimentos da Ceres, visto que essa modalidade vem apresentando resultados acima das metas atuariais e índices de referência dos planos. A Fundação Iniciará uma campanha com esse objetivo.

A Ceres diminuiu novamente as taxas de juros e aumentou o valor máximo de liberação de crédito de R$147 mil para R$200 mil. Acesse o regulamento aqui.

Na modalidade pós-fixada, a taxa diminuiu de INPC + 0,55% ao mês para INPC + 0,5% ao mês. Já na modalidade pré-fixada, as taxas, que variavam entre 1,1% e 1,5%, passaram a variar entre 1% e 1,2%, dependendo da quantidade de parcelas. O prazo máximo para quitação é de 60 meses.

Além da queda dos juros, para baratear ainda mais o crédito, a Ceres passará a operar por meio de seguro prestamista. Em vez de cobrar a Quota de Quitação por Morte – QQM, a Fundação contratou uma seguradora que garantirá a quitação do empréstimo em caso de morte do mutuário. O seguro prestamista cobre o empréstimo da seguinte forma:

Pagamento parcial ou total do empréstimo. Confira a tabela.


Vale lembrar que, com a contratação do seguro prestamista, o mutuário deverá manter suas parcelas em dia, para não perder a cobertura. Em caso de inadimplência, o seguro não quitará o valor do capital segurado em caso de falecimento do mutuário. Nesse caso, a Ceres descontará o valor da reserva de poupança, e, no caso de assistidos, o valor devido será descontado mensalmente do benefício, nos limites da margem consignável, até a quitação da dívida.

Continua não havendo carência para renovar o empréstimo. Os contratos vigentes podem ser refinanciados a qualquer momento. É uma ótima oportunidade para refinanciar seu empréstimo ativo na Ceres e reduzir o valor da parcela ou quitar dívidas mais caras como cartão de crédito e cheque especial. E o melhor, por se tratar de uma modalidade de investimentos, a rentabilidade volta para o plano de benefícios!

Fonte: Ceres